Rádio Canelinha FM - Informação com credibilidade e responsabilidade.

Sabado, 24 de Fevereiro de 2024
unifael
unifael

Notícias Policial

Jovem afima que matox ex-namorada grávida por que "não queria filho negro"

Victor de Souza Rocha, de 21 anos, é detido pela Polícia Civil do Amazonas por homicídio de ex-namorada grávida de sete meses

Jovem afima que matox ex-namorada grávida por que
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nesta terça-feira (21), a Polícia Civil do Amazonas efetuou a prisão de Victor de Souza Rocha, de 21 anos, suspeito do brutal assassinato de Karine Sevalho Lima, de 19 anos, ocorrido em maio de 2022. A vítima, que estava grávida de sete meses, teria sido morta após recusar fazer um aborto, conforme revelou a investigação.

A prisão foi realizada no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. O delegado Ricardo Cunha, responsável pelo caso, informou que Victor e Karine eram ex-namorados, e a gravidez da vítima desencadeou uma série de eventos trágicos. O suspeito, ao descobrir a gestação, passou a importunar a jovem, que era negra, insistindo para que ela realizasse um aborto, alegadamente devido a sua recusa em ter um filho negro.

De acordo com as investigações, o suspeito teria deixado claro para amigos da vítima que "não aceitaria ter um filho com características negras". O crime ocorreu em maio de 2022, quando Karine, ao confrontar Victor sobre a paternidade, foi vítima de um violento ataque que resultou em sua morte.

Publicidade

Leia Também:

"No dia do crime, Karine teria se encontrado com Victor para informar que sua família tinha conhecimento de que ele seria o genitor do bebê e afirmar que não iria realizar o aborto. As investigações apontam que, neste momento, eles tiveram um desentendimento em razão do autor não ter aceitado o posicionamento da vítima, o que o levou a tirar a vida da gestante", declarou o delegado Ricardo Cunha.

O corpo de Karine foi encontrado no dia 26 de maio de 2022, exibindo sinais de agressões, torturas e perfurações de arma branca por todo o corpo, além do rosto desfigurado. O caso chocante agora está nas mãos da justiça, e Victor de Souza Rocha enfrentará as consequências legais de seus atos hediondos.

 
 
 
Comentários:
SPEEDNET
SPEEDNET

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )