Rádio Canelinha FM - Informação com credibilidade e responsabilidade.

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
SPEEDNET
SPEEDNET

Notícias Geral

Idosa de 91 anos é encontrada com cadáver do filho em apartamento em Balneário Camboriú

Vizinhos acionam a polícia devido ao forte odor; idosa, com Alzheimer, é resgatada com apoio de familiares

Idosa de 91 anos é encontrada com cadáver do filho em apartamento em Balneário Camboriú
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Uma tragédia chocante foi descoberta no último sábado, 21, quando uma idosa de 91 anos foi encontrada no interior de seu apartamento na cidade de Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, ao lado do cadáver de seu filho de 69 anos. O trágico acontecimento foi desvendado após vizinhos alertados pelo cheiro forte que emanava do imóvel decidirem acionar as autoridades.

A situação foi prontamente atendida pela equipe do programa "Abraço ao Idoso", conforme relatado por Christina Barrichelo, Secretária de Desenvolvimento e Inclusão Social de Balneário Camboriú. A senhora, residente em um apartamento na região central da cidade, na rua 1351, estava cercada pelo forte odor que preocupava os vizinhos.

Ao adentrar o apartamento, as autoridades confirmaram a presença do corpo do filho da idosa, constatando que ele havia falecido entre 7 e 10 dias antes da descoberta. O cheiro insuportável no local tornou a ação das equipes extremamente desafiadora, inclusive fazendo com que utilizassem diversas máscaras para adentrar ao imóvel.

Publicidade

Leia Também:

A idosa compartilhava o espaço com um gato que, devido à falta de cuidados, apresentava comportamento agressivo. O animal também foi resgatado do apartamento. A idosa, que sofre de Alzheimer, aparentava estar desidratada e desnutrida, já que não conseguia se alimentar sozinha, sendo seu filho o responsável por seus cuidados.

A idosa foi imediatamente encaminhada em uma ambulância para a Unidade de Pronto Atendimento das Nações, enquanto familiares, residentes em Porto Alegre (RS), foram notificados da situação. Dois netos vieram da capital gaúcha para prestar apoio à avó.

De acordo com informações do médico do Instituto Médico Legal (IML), a causa provável do falecimento do filho da idosa foi um ataque cardíaco, o que condiz com relatos de vizinhos que afirmam que ele sofria de doença cardíaca.

A Guarda Municipal, por meio do programa "Abraço Animal," a Secretaria de Inclusão Social, a polícia e o programa "Abraço à Vida" atuaram em conjunto para atender a ocorrência. A idosa, por sua vez, foi encaminhada para o programa "Abraço ao Idoso" a fim de garantir sua segurança e os cuidados médicos necessários.

Comentários:
unifael
unifael

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )