Rádio Canelinha FM - Informação com credibilidade e responsabilidade.

Sabado, 13 de Julho de 2024
unifael
unifael

Notícias Política

Congresso recebe iluminação verde e projeção de frases pelo Dia Mundial das Zoonoses

Objetivo da data, celebrada em 6 de julho, é estimular a discussão acerca dessas doenças

Congresso recebe iluminação verde e projeção de frases pelo Dia Mundial das Zoonoses
Roberto Seabra / Câmara dos Deputados
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
Roberto Seabra / Câmara dos Deputados
Congresso recebe iluminação pelo Dia Mundial das Zoonoses

O Congresso Nacional recebeu nesta quarta-feira (10) iluminação na cor verde e projeção de frases pelo Dia Mundial das Zoonoses. A iluminação atende a pedido do deputado Dr. Zacharias Calil (União-GO).

O objetivo da data, celebrada em 6 de julho, é estimular a discussão sobre as zoonoses – doenças transmitidas de animais para humanos ou de humanos para animais. O dia foi escolhido por coincidir com a data em que o cientista francês Louis Pasteur inoculou a primeira vacina contra a raiva (antirrábica), em 1885.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as zoonoses são responsáveis por cerca de 2,4 bilhões de casos de doenças e 2,2 milhões de mortes por ano, o que representa um grande desafio para a saúde pública e a segurança alimentar. Além disso, podem causar impactos econômicos, sociais e ambientais negativos, como perda de produtividade, redução da biodiversidade e aumento da pobreza.

Publicidade

Leia Também:

Estatísticas De acordo com a entidade, existem mais de 200 tipos de zoonose. Cerca de 60% das doenças infecciosas humanas têm sua origem em animais, e, pelo menos, 75% das doenças infecciosas emergentes do ser humano, incluindo Ebola, HIV e gripe, têm origem animal. As zoonoses respondem por 62% da lista de doenças de notificação compulsória.

O objetivo das ações em torno da data é buscar soluções para o controle dessas doenças a partir de uma abordagem de cooperação em nível intersetorial, com a intervenção e a colaboração de equipes profissionais dos setores da saúde humana, animal e ambiental. A estratégia é incentivar e estimular os governos a formular e adotar políticas de saúde pública que levem em consideração os vários fatores que aumentam o risco e dificultam o controle das zoonoses, como mudanças climáticas, desmatamento, incêndios e viagens intercontinentais.

FONTE/CRÉDITOS: Agência Câmara Notícias
Comentários:
SPEEDNET
SPEEDNET

Veja também

MACRIS
MACRIS

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )