Rádio Canelinha FM - Informação com credibilidade e responsabilidade.

Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
unifael
unifael

Notícias Geral

Cidades de SC superam cheias e iniciam processo de precuperação

Moradores se unem na limpeza após rio Itajaí do Oeste retornar à calha; Cidades do Alto Vale do Itajaí enfrentam desafios após enchente

Cidades de SC superam cheias e iniciam processo de precuperação
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Nesta terça-feira (21), as cidades de Laurentino e Rio do Oeste, localizadas no Alto Vale do Itajaí, finalmente vislumbraram o alívio com o recuo das águas do rio Itajaí do Oeste, que retornou ao seu leito. Sob um céu ensolarado, os moradores mobilizaram esforços para iniciar a árdua tarefa de limpar suas propriedades, duramente atingidas pela recente cheia.

Em Laurentino, chocantes imagens de câmeras de segurança, compartilhadas nas redes sociais da prefeitura, revelaram a extensão do estrago, com lama e lodo agora secos cobrindo as principais vias da cidade. A prefeitura relatou que terça-feira foi marcada por intensos trabalhos de limpeza, remoção de obstáculos e árvores para restaurar a circulação nas ruas, esforços que continuam nesta quarta-feira (22).

Durante o auge da crise, Laurentino contabilizou mais de mil pessoas desalojadas e cerca de 214 desabrigados. Estruturas de acolhimento foram estabelecidas no Salão Íl Guarany e no Ginásio Municipal de Esportes. Contudo, a ameaça persiste, e muitas famílias permanecem nesses locais, atentas ao possível retorno das chuvas nos próximos dias.

Publicidade

Leia Também:

Na manhã desta quarta-feira (22), o nível do rio Itajaí do Oeste em Laurentino registrava 6,91 metros, uma considerável redução em relação aos 13,39 metros alcançados durante o pico da cheia, no último sábado (18) às 08h da manhã.

Apesar da aparente melhora, a Defesa Civil do Estado emitiu uma nota meteorológica alertando para o risco contínuo de temporais na região do Alto Vale. A limpeza das residências, comércios e prestadores de serviços está em andamento, mas a recomendação é cautelosa: evitar o retorno definitivo às áreas afetadas.

Em relação à educação, a Escola de Educação Básica Tereza Cristina e a Escola Municipal Honorata Stéddille, em Laurentino, mantêm suas atividades de forma remota. Os centros de educação infantil estão em regime de plantão, com exceção do CEI Infância Feliz.

As comunidades de Laurentino e Rio do Oeste enfrentam desafios, mas a solidariedade e a determinação se destacam enquanto as cidades começam a se reconstruir após essa experiência desafiadora.

Comentários:
SPEEDNET
SPEEDNET

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )